9.12.09

despedida

hermana de constelação,

é com peso nos ombros que venho lhe dizer: 'ficou heavy metal demais, tou dando o fora!'Amanhã, quando acordares, não encontrarás meu perfil. Não te assustes, é uma forma que eu inventei [a pouco] de enfrentar o mundo. Preciso ficar só. Preciso olhar com os olhos de dentro. Preciso ir buscar energia em outro lugar, não aqui. Aqui me faz mal. Aqui eu fico nas mediações do campo magnético daquele que tem fome de olhar. E por isso, preciso partir. Não nasci pra ficar estanque. Sou rio que corre pro mar. E em direção da luz, mais que tudo. O meu blog, encerro aqui. E deixo com ele todos os meus sonhos. Um dia eu volto. Inteira. Porque sou fênix. Mas te acompanho do alto ... pra não te deixar sozinha, nem em pensamento. Trocaremos diálogos por bolhas de sabão e, te mandarei boas vibrações, pelo vento.

*A tantas outras hermanas e hermanos de constelação que me acompanham, há tempos, deixo o meus mais sinceros votos de felicidade, saúde e paz. Muita paz de espírito. E que 2010 seja doce, pra vocês e pra mim.

E nunca se esqueçam: é pelo sonho que vamos!

Cris, a que busca uma saída.

beijo estalado=)

.

9 comentários:

Ju disse...

ai, não...eu não quero ficar sem te ler, sem vc...=(

fiiiiiica.

Raiana Reis disse...

Não acredito que ficaremos sem teus sonhos descritos por aqui! Sonhos que ditos por suas palavras traduziam os meus também...
Seu blog é um aconchego a cada leitura, principalmente nos dias gris... parabéns por colorir a todas nós, colorindo por dentro como a fonte que há por aí...
Que como fênix realmente se renove, e neste 2010 possamos nos reinventar mais uma vez menina Cris.
Que seu caminho seja repleto das cores que espalha. Beijos!

Anônimo disse...

Nossa, confesso que encontrei seu blog em uma busca pela net por imagens! E me encantei, respirei!Que achado!
Mas pareçe mesmo que tão tarde a encontrei e tão cedo perderei!
Deixo então, desejos de alegrias sem fim, canções, aromas... e gratidão pelo dia salvo em seus ecantamentos. Que novidades batam a sua porta te convidando a desbravar, e que um dia qualquer possa por ela retornar, com mais doçuras!

Um grande abraço, Ziris

Pipa. A que sonha. disse...

Não consegui escrever mais nada depois do seu post.



Então, pedi ajuda a Lancellin




"Não deves violentar o que for tocado por ti, em nenhuma circunstância.
Procura estudar todos os casos com que te defrontas em teus caminhos, pois todos eles têm
soluções nas pautas das tuas atividades.
Na forja dos teus pensamentos, não devem existir agressões. A mente é,
pois, um terreno sensível onde os cuidados não podem faltar. Sê parcimonioso nos tratos
com as tuas próprias idéias.
O campo de força mental é divisível em equações inumeráveis que a própria
ciência desconhece na atualidade. Tal sabedoria não passa desapercebida pelos grandes
místicos. Eles são familiarizados com a gênese dos pensamentos e as formações das idéias.
O que se torna difícil para um iniciante nos corredores da mente, eles alcançam com facilidade,
arrancando, pela raiz, os sentimentos indesejados que, por vezes, queiram brotar na profundidade
do ser.
O sábio, na originalidade do santo, trabalha sem participação agressiva dos
sentimentos inferiores e busca condições em si mesmo para a paz de muitos. A violência é
produto da ignorância. Todo espírito incapacitado para tais ou quais trabalhos internos aliase
à violência, agredindo quem quer que seja, mostrando que tem, sem perceber, o pior.
O espírito superior não se ofende com ataques exteriores. Ele comunga
sempre com a paz de consciência, sem impor condições a ninguém. Ajuda em silêncio a todas
as criaturas na libertação de cada uma.
A alma que ama sem exigências não maltrata a quem quer que seja. Conhece
a evolução de cada coisa e de cada um, respeitando seus direitos e dando-lhes forças
para cumprirem seus deveres. O escandaloso é aluno das trevas e veste a roupagem das
sombras, de fácil identificação. O ser de bem é educado e faz questão da autodisciplina em
todos os seus atos.
Procura a vida reta, sem agredir os que ainda não salientaram virtudes,
sem a algazarra da vaidade e sem a prepotência do orgulho. Quem deseja mostrar aos outros
o que é, aquilo que está conquistando de bom, ainda não se cientificou das leis de comportamento,
porque quem prega a própria conquista, na realidade duvida dela. A quem já alcançou
a graça do perdão, basta viver perdoando, sem pensar em anunciar isso, porque a natureza
se encarrega do reconhecimento e Deus sabe ler em silêncio o que cada um está fazendo
na vida. A mentira que forjamos sobre nossas falsas virtudes nos deixa um saldo de
inquietação, frustrando nosso comportamento. Jesus já dizia: ... que a vossa mão esquerda
não saiba o que faz a vossa mão direita...
Nas linhas da iniciação cristã, somente quem não compreende são os cegos
e surdos de entendimento. Não violentes teu companheiro impondo a ele tuas idéias. O exemplo
é escola suave que modela a fraternidade de acordo com a criatura e o silêncio agrada
a todos, quando é aproveitado com amor. A agressividade nasce dos distúrbios dos sentimentos
e da desarmonia do coração.
Sê benevolente e manso, cordial e prestativo, que vestirás a roupagem da
paz, distribuída pelas leis de Deus, que palpitam no coração do Universo."




Em nome de Deus, se esse amor é mesmo real, não faça isso. Porque estará matando a criança Pipa, fruto de sua criação.

E nem preciso dizer das outras crianças que vai deixar para trás.

E você sabe tanto quanto eu, que todo Adeus é covarde.


Vai, vem embora.
volta.


Eu não posso viver sem você.
Não mais.


P.S.: Eu te amo.



Pipa. A que.

Júh Albuquerque disse...

NÃAO!!!

E agora? Vou procurar magia onde?? =/
Faz isso não, Cris..deixa a gente continuar tendo seus lindos textos pra sonhar...
Mas se bem que pensar só na gente seria um pouco de "egoísmo", né...
Se vc não estiver bem por dentro nem consegue sonhar alto..então,tá.
Vá..limpe seu coração. Faça tudo que for de bom e esteja com quem gosta sempre..mas não deixa de me visitar, não..
Vc é inspiração pra mim..
Um beijo de quem aprendeu a sonhar com seus textos..")

Costureira de estrelas. disse...

Apertou aqui o coração em saber que deixou o blog.
Apertou o coração quando procurei seu orkut e não achei :~
Mas espero que fique bem!
Que busque luz, paz :)
Que continue a transmitir a paz, luz e amor que está aí dentro. E vc sabe que isso ninguém tira, não é?
Mando beijos :*
Mando esperanças pelo vento!
Te gosto um monte :)

Melina disse...

Cris,

fiquei tão triste quando fui te mandar um texto no orkut e não te encontrei... vim até o blog e li sua despedida.
há momentos que queremos e precisamos ficar sozinha.
entendo isso e respeito muito.
quero que saiba que meu carinho por você é enorme!
espero que possamos nos falar por-email!
conte sempre comigo!

um beijo,

Mel

Velho Santiago disse...

Outro velho já disse que:

"Maturidade tem mais a ver com os tipos de experiência que se teve e o que você aprendeu com elas do que com quantos aniversários você celebrou".

E eu já celebrei tantos aniversários, alguns que ainda nem tive! Ganhei anos quando não soube mais contar os anos que eram; perdi quando acordei e me olhei no espelho naquele mesmo 27 de março. Me senti mal, mto mal, qdo, doente, voltei a ser criança molhando meu colchão em dia de nascimento.

Já plantei, já colhi, e comecei ciclos novamente. Meu último ciclo tem trocado sonhos pela nostalgia. Do velho, é o ciclo mais comum. Talvez para o moço seja a capacidade de sonhar, ainda não bem clara para o meninosantiago. E, para o menino, o mais imediato são os brinquedos, sem dúvida!

Mas vivo-os concomitantemente. E isso é o que mais me machuca, pq nem todos entendem, e tenho então que escolher vivê-los, à luz da convivência, um-por-vez. Não entenderiam, digo pq já tentei explicar.

Mas voe, vá longe, de-va-gar... e leve um abraço desse velho para àqueles que, por ventura, tenha eu um dia olhado em seus olhinhos tão assustados e opacos como os meus ficam agora sem ti...

Blog da Janas disse...

muito bom o blog...

espero que possa me seguir tbm...
blogdajanas.blogspot.com

abç