8.12.09

das belezuras


A moça era acostumada a ver beleza nas coisas mais simples, desde pequena - herança do avô. E aqueles olhos garimpeiros, ela não queria mais perder. Com eles, a vida ganhava novo sentido. Ela seguia seu rumo costurando nuvens e esticando horizontes com um olho só. Sem falar no buquê de sorrisos que ela plantava em todo lugar.
.

10 comentários:

renata carneiro disse...

coisas simples costurar sorrisos...

coisas lindas, né?


um beijo!

Júh Albuquerque disse...

Lindo como sempre!

Que vc costure cada vez mais sorrisos e tenha pureza no coração pra ver sempre as coisas mais simples..

Bjo!")

Mary* disse...

Que nunca perca seus preciosos olhos garimpeiros!

Pipa. A que sonha. disse...

Tenho aprendido com você.
Mas desde de que você se foi, perdi a leveza do verso.
E vai levar um tempo pra cicatrizar.

Pipa. A que.

renata carneiro disse...

tem selinho pra você no meu blog!
beijo.

gabiz disse...

uma moça feliz.

Raquel disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Raquel disse...

vc escreve igulazinho minha amiga Cacauzita: http://eternohumano.blogspot.com/

;]

Ailma Cintia! disse...

Queria conhecer essa menina.
Deve ser uma pessoa incrível.
Daquelas compostas de várias cores..

Clarissa M. Lamega disse...

ameei! você escreve muito bem (:
te sigo agora.

um beijo :*