8.8.09

manhãzinha

Sabe aquele dia que você não consegue ficar na cama? Pois é, esse é um deles. Viro daqui, reviro de lá, e nada. Até que escuto uma voz me chamando. Penso que pode ser a Mariana e vou até o quarto. Dormindo feito anjo. Ainda bem que não era nada. Aproveito tomo café, mas a sensação-premonição-estranhamento continua. Talvez por ser Agosto. Vai saber. Minha vó dizia que esse é mês perigoso, que acontece coisas das piores. Mês escasso que só. Mas também disse que, quando duas pessoas se encontram em Agosto é pra sempre. Dura tempo de uma vida. E eu prefiro acreditar que sim. Sempre gostei de final feliz.

12 comentários:

eve disse...

Sua vozinha era uma sabia, concerteza... Hj eu fui empurrada da cama, pela vontade de ver o mar.

Gabriela M. disse...

eu detesto acordar cedo.
mas adorei essa que sua vó falou:
" quando duas pessoas se encontram em agosto é pra sempre "

será que se eu fizer de propósito, funciona?

bj bj Cris

Rayssa Nogueira disse...

"quando duas pessoas se encontram em agosto é pra sempre"

e já estou cruzando os meus dedos aqui!

bjins...

Paloma Flores disse...

Vixi, agora fiquei com medo desse mês!

'liih disse...

Oiii
liindo aki

Paassa láá no meu blooog

http://coisinhasdaliih.blogspot.com

Ricardo Rodrigues disse...

comigo era o contrário... deu vontade de não sair da cama...

Lethicia Lavezo disse...

ah, e quando duas pessoas se separam em agosto ? :/
tomara que venha alguém então, estamos só no começo do mês :)

adorei aqui, muito lindo *-*

Lethicia Lavezo disse...

então espero por setembro logo :/

Julia Macarenna disse...

ahh prefiro acreditar
na parte do encontrar alguem hahahaha
beeijos
to seguindo

Laís de Ponte disse...

Lindoooooooooooooooooooo o textooooooo!!!!!!!!!!

Erika M. disse...

As vós sabem das coisas...
Passo a acreditar plenamente que é pra sempre o encontro de 2 pessoas em agosto.Assim como é sempre muito bom o que você escreve aqui.

:***

Carole disse...

Quem disse que é bom durar pra vida toda?
Tem coisa que mais parece mesmo praga do mês de agosto, e que, se acabar logo, tanto melhor!
Minhas eternidades chegam entre setembro e outubro, todas elas!
Bjos.