23.9.09

das artes do dia

' com a flanela elimino a poeira da luneta (...)
para que não se embacem os astros, os destinos'
.
[Caio F.]
.
Dali pra frente ela brincou. E com seu pó mágico ela faz encanto. Nas máscaras coloridas é que ela não cai. Sabe a hora de tirar o time de campo. Principalmente quando sua fada madrinha [aquela que mora ao lado] a pega pelo braço e dá uns sacodes antes dela entrar pra guerra. E a benze com um galhinho de arruda e muito sal grosso que é pra tirar mau-olhado - culpa do outro que tem fome de olhar. Mas aproveita cada segundo antes de hastear a bandeira num corpo que não é santo: É meu e ninguém tasca. No caminho do coração ela faz ziguezague. Depois, segue rindo, porque acha graça nas própria arte que faz. E porque ela gosta assim mesmo, tudo de cabeça pra baixo. Não importa que seja proibido. Se ela quer, ela mesma faz. E arrisca. Prova do prato até enjoar [o que demora um pouco, pois a tendência dela é gostar do amargo, não do doce]. Da vida ela quer de tudo. Aos montes e dumavez. Nem dá bola pros comentários maldosos [que são tantos]. Ela sabe que por dentro tem as melhores intenções. E não quer sangrar ninguém, apesar de já ter sido ferida pelas mesmas pessoas que ela quer bem. Porque nela só cabe o que é branco e leve. Que nem borboleta em campo de algodão. Depois, quando as coisas pesam demais e o coração tá quase virando pedra, ela voa com asas de marfim lá pras bandas do arco-íris, que é pra ganhar energia da terra. Fica sumida uns tempos, até voltar colorida. Todainteira. Porque ela tem coragem pra levar a vida na raça. Mais uma vez. E outra e outra e sempre.

13 comentários:

Júh Albuquerque disse...

Texto L-I-N-D-O!!!!!!

E sabe de uma coisa? Tem um monte de coisa nele que diz direitinho um monte de coisa que tá em mim..=)

Bju!!

Raiana Reis disse...

Amo cada vez q sei de um novo texto seu... pq assim como a Júh aí acima eu tb me identifico muito!
Parabéns pelas lindas palavras sempre!
Beijos

Wevertton disse...

Texto L-I-N-D-O!!!!!!
Passa la tem post novo, BJ!!!

Erica Vittorazzi disse...

Lindo.
E que menina corajosa. É tão difícil ser assim. Às vezes deixamos o coração pesar de mais que perdemos a vontade de voar.
beijos

Paloma Flores disse...

Maravilhoso!
Esse seu jeito de brincar com as palavras e sempre deixar um gostinho doce nos olhos da gente é uma delícia.
Toda vez que venho aqui saio um pouco mais leve e feliz.
Você sempre me leva (ou me dá) um sorriso.
Ótimo fim de semana!

Maryama* disse...

Por aqui é sempre tudo tão colorido, doce, simples, terno...
Gosto muito, muito, muito daqui, Cris.
Você consegue me deixar mais leve e sorridente.

sou sua fã :)

Ricardo Rodrigues disse...

q foto magnífica...

Desirée disse...

Ameeeeeeeeeei!
Ai, ai!
Trouxe inspiração pra minha madugra. :)

**** disse...

"culpa do outro que tem fome de olhar".

Perfeito!!!! Única coisa que posso dizer!

Ana Cláudia Vieira disse...

Parece que anda dizendo o que muitos sentem..hehe...Também acho que "a culpa é do outro que tem fome no olhar"...

Bjus moça...

Gabriela M. disse...

perfeição.

Marcelo Novaes disse...

Fada ávida.






Beijos,








Marcelo.

Paula disse...

Faz a imaginação voar solta. ^^

Um beijo.