16.8.09

Dos caminhos.

De todos os caminhos, eu sempre escolho o coração. Ele há de ser guia. Eu penso, eu acredito. E acendo uma vela pro meu anjo da guarda, pra iluminar o que vem dentro. Esperança tenho aos potes.

.

2 comentários:

Catherine Castanho disse...

Que lindo, "esperança tenho aos potes"...

Sabe aquelas coisas que calam no peito?
Pra mim foi assim...

Beijos
;*

Desirée disse...

Esperança é o que alimenta minha alma, enquanto ouver esperança poderei ser feliz!
Amei ^^