11.6.09

um pedacinho do céu

Desde segunda-feira, comecei a ficar aflita. O dia dele chegando, e eu sem saber o que dar de presente. Pensei em todas as coisas que ele gostava. Mas eu buscava por uma coisa especial. Uma coisa que faria com que ele lembrasse de mim pra sempre. E que esse pra sempre demorasse muito pra acabar. Um pra sempre com gosto de antigamente, não hoje em dia. Deitada na rede, eu comecei a fuçar na memória. Busquei lá uma coisa de muito valor. Decidi tirar uma foto do céu. (Lembrei-me de que ele gostava de estrela, ainda mais se for cadente). O céu todo escuro, bordado de estrelas. Achei bonito: Tirei uma foto do céu quando pensava nele. Resolvi mandar por e-mail, nem esperei o dia seguinte. Hoje, ele me mandou o presente dele: uma foto do céu cheio de nuvens. Ele tirou uma foto das nuvens quando pensava em mim. Assim ficamos com um pedacinho do céu só pra nós. Um com o céu estrelado, o outro com o céu cheio de nuvens. E não é que foi o presente mais bonito que eu recebi? Ouro não compra, não.
.
.

3 comentários:

Noemyr disse...

Ô que coisa mais bonita =)
Lindo demais... belo, puro!

Ademar Oliveira de Lima disse...

Estive por aqui conhecendo os seus trabalhos!! Abraços Ademar!!

Priscila Rôde disse...

Com certeza não compro, achei lindo isso! =)